Nunca abandone um animal

Quando trazemos um cão ou um gato para o nosso convívio, assumimos um compromisso para toda a vida. Por isso, antes de acolher um animal, reflita muito sobre as condições necessárias para criá-lo. Afinal, trata-se de uma vida, que dependerá de pessoas que zelem por ela com responsabilidade e compromisso. Além disso, separações podem ser muito traumáticas para todos os envolvidos.

Estudos apontam um cão para cada 5 habitantes, em um centro urbano no Brasil, 10% deles em estado de abandono. Isso significa 200 mil cães, tomando como exemplo apenas a cidade de São Paulo. Vivemos uma realidade de muita carência de lares para receber tantos animais. Por isso, reflita: Você realmente não pode continuar com esse animal?

Importante: Nunca abandone um cão ou gato. Ele sofrerá exposto a falta de alimento, doenças, ataques de outros animais, crueldades, atropelamentos, entre outras ameaças. Abandonar um animal é crime previsto no artigo 32, capitulo V da Lei 9.605/98 – Lei dos Crimes Ambientais.

Em circunstâncias extremas, siga as orientações abaixo para melhores chances no encaminhamento do animal:

1º – Prepare o animal
Antes de ser doado, o animal deve passar por um veterinário para ser vacinado, vermifugado e castrado.

Você pode entrar em contato com os Veterinários Solidários da ARCA Brasil. Não há compromisso de tratamento gratuito ou redução de preços, mas esses profissionais certamente terão boa-vontade para ajudar como puderem na situação.

Conheça como funciona e veja a relação dos Veterinários Solidários

2º – Procure conhecidos
Pense com carinho se, entre seus parentes, amigos ou vizinhos, há alguém com perfil para ser um proprietário responsável e queira adotar o animal. Será sempre mais seguro encaminhá-lo para alguém de confiança.

O “boca-a-boca” realmente funciona. Converse com pessoas que gostem de animais. É importante ter a segurança de que o animal será bem cuidado.

3 º – Divulgue!
Esta etapa é decisiva. É preciso divulgar sua situação para os interessados. Veja as dicas da ARCA Brasil:

Cartaz: faça anúncios. A ARCA desenvolveu o Lambe-Lambe, cartaz que amplia as chances de encontrar um novo lar para o animal. Basta preencher os campos e imprimir. Cole seu Lambe-Lambe em pet shops, clínicas veterinárias e outros pontos de grande circulação de pessoas. >>> Veja como funciona!

O animal é de raça?: entre em contato com associações idôneas de criadores da raça (o Kennel Club costumam ter essa relação), que podem ser encontrados nas revistas da área. Eles são interessados e poderão orientá-lo.

Internet: Existem alguns murais eletrônicos criados especialmente para doação de animais. Conheça alguns deles:

www.cachorroperdido.com.br

www.animaisos.com.br

www.mudaromundo.com.br

www.olharanimal.net

www.anuncioanimal.com.br

www.vidadecao.com.br

www.petsite.com.br

www.animaisonline.com.br

www.renad.com.br

www.petbr.com.br

 

4º – Procure eventos: Feiras de Adoção de Animais

5º – Envie mensagens para grupos de discussão
Siga o modelo:
Assunto: Doação (sua cidade)
Mensagem:
Doa-se: [….]
Local: [….]
Tel. e/ou E-mail: [….]
Nome do contato: […….]
Resumo da história: […….]

Para enviar mensagens:
da-adocoes@yahoogroups.com
caesegatos23@yahoo.com.br
soscaes@ig.com.br
Outra alternativa é recorrer ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) ou similar de sua cidade. Algumas dessas repartições realizam um trabalho exemplar. Porém lembre-se: o tempo de permanência do animal nesses locais pode chegar a um mínimo de três dias. Depois disso, ele poderá ser sacrificado.

 

 

fonte: Arca Brasil